Conteúdo notícias

» Notícias

DPG recebe presidente do TJPB e reforça pleitos em benefício da Defensoria

Por: Larissa Claro

O defensor público-geral da Paraíba, Ricardo José Costa Souza Barros, recebeu na tarde desta quinta-feira (7), na Sede Administrativa da Defensoria Pública do Estado (DPE-PB), o presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos. A visita institucional referendou as parcerias já existentes entre as duas instituições e colocou em pauta novos pleitos da DPE-PB com o objetivo de melhorar a atendimento aos usuários da Defensoria Pública. Na ocasião, o presidente do TJPB aproveitou para visitar a reforma em execução na Sede da DPE.

“Sempre tivemos um bom relacionamento com o Tribunal de Justiça, que continua por intermédio do seu novo presidente. A visita do desembargador Mário Murilo muito nos honra e representa um fato inédito para a nossa instituição, já que pela primeira vez um presidente do TJ vem à Defensoria para uma visita de cortesia. Isso nos envaidece bastante”, ressaltou o DPG Ricardo Barros.

Entre as pautas apresentadas na reunião, está o pedido de ampliação de convênios que envolvem imóveis do TJPB sem uso. Atualmente, duas casas do Tribunal - uma em Cabedelo e outra em Mamanguape - são cedidas à Defensoria e funcionam como Sedes de Atendimento.

“Também reforçamos a necessidade de ampliação do espaço disponibilizado para os defensores públicos que atuam no complexo do Tribunal de Justiça; lembramos um convênio que está para ocorrer e que prevê a doação de computadores; e também pedimos um aperfeiçoamento do PJe, que destine uma caixa de correspondência própria para o defensor público, já que os nossos prazos são diferentes”, elencou Ricardo Barros.

O desembargador Márcio Murilo ressaltou a relação entre as duas instituições e colocou o Tribunal à disposição da Defensoria. “O defensor público é aquele irmão do magistrado que está na Comarca trabalhando e atende em primeiro lugar o necessitado, os hipossuficientes. Eu vim dar um apoio, conversar, saber quais são as prioridades, as parcerias que podemos estabelecer (...) O Tribunal está aberto para que a gente mantenha o diálogo rotineiro com a DPE e a nossa intenção é ampliar as parcerias porque é um dever nosso prestigiar um órgão que presta serviço direto à população”, afirmou. 

Também participaram da reunião a subdefensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, o corregedor-geral da DPE-PB, Alípio Bezerra, e os defensores públicos Gerardo Rabello, Coriolano Sá, Glória de Oliveira, Phillippe Figueiredo e Diogo Augusto de Souza Andrade.